Layla Espindola

França | IF | Paris

Eu sou a Layla, nasci em Cataguases, no interior de Minas Gerais, onde passei toda minha infância e adolescência. Com 13 anos comecei a fazer meu primeiro curso de desenho e pintura à óleo. Foi nesse período que me encantei com a espátula e a textura nas pinturas. Sou formada em Relações Internacionais pela Universidade Católica de Brasília e fiz mestrado em Economia na Universidade de Buenos Aires. Após o mestrado, me mudei para a Bélgica. Em Bruxelas, paralelamente ao meu trabalho, fiz aulas de história da arte e desenho na "École d'Art d'Ixelles". Depois morei no Rio de Janeiro, Boston e Washington, até fixar residência em Paris. Atualmente, apesar de morar na França, mantenho também residência em Cataguases e estou sempre por lá. Durante a pandemia, a arte começou a ocupar um espaço mais importante na minha vida. Desde então, tenho dedicado a maior parte do meu tempo à pintura e tenho feito diversos ateliers em artes plásticas. Fiz curso de história da arte no Grand Palais e hoje estou vinculada às escolas "Paris Ateliers" e "Ecole du Louvre" dando continuidade à minha formação, a qual é também fruto de pesquisa e aprendizado pessoal, tendo a natureza como principal fonte de inspiração. Trabalho com diversas técnicas, desde o nanquim à pintura acrílica, passando por pastel à óleo, guache e aquarela, produzindo muitas vezes obras em técnica mista e em diversos suportes, papel, tela, cartão telado... Minha arte é variada, resultado do que estou sentindo e da minha necessidade no momento. Não gosto de me prender a um estilo ou uma técnica específicos. O componente comum presente é a natureza, seus elementos, sua força, sua fragilidade, suas cores. Gosto de pensar nas minhas obras como um instrumento para mostrar a beleza da natureza e ao mesmo tempo incentivar sua preservação.

Qual a importância da arte em sua vida?

Atraves da arte, entro em contato comigo mesma.

Como você acha que a Arte pode contribuir no fortalecimento da Cultura de Paz?

A arte sensibiliza pessoas nao so atraves das palavras e textos, ela consegue atingir as emoçoes de cada um e transmitir mensagem sutis e fortes.

Quais são os problemas ambientais que mais te preocupam?

Poluiçao ar e agua, mudança climatica, escassez dos recursos naturais

Na sua região, qual problema ambiental tem maior impacto em sua vida?

Poluiçao do ar

Na sua opinião, como a Arte pode aumentar a consciência das pessoas em relação aos problemas sociais,políticos, ambientais e humanitários?

A arte pode colocar em evidencia a fragilidade, a importancia e a beleza da natureza, incentivando sua preservaçao.

Família
Família

Técnica mista: Acrilica e giz pastel oleoso sobre tela - 80cm x 60cm

União
União

Técnica mista: Acrílica e pastel oleoso sobre tela 30cm x 30cm

Iceberg I
Iceberg I

Acrílica sobre cartão telado Altura 50 cm x Largura 40 cm

Outono Tropical
Outono Tropical

Acrílica e giz pastel oleoso sobre papel telado 290g 42cm x 30cm

+ Artistas

Crystalle Bobbe
Morwarid Bahar
SHIYU
Francisco de Melo Peixoto
Sandra Kravetz
Livia Passos Nascimento Cavalcante
Erica Senneke
Marilda Santana Albino
Léo Valença
Ana Aparecida Silva Prado
Leila Knijnik
Maria José Gonçalves Oliveira
Milena Julianno
Ricardo Albuquerque
Saikoski
Genara Navarro Prata
Ana Carolina Mancini Seixas Fernandes
Regina Sganzerla
Letícia Barreto
Tiago Gomes Alves
Ana Maria Reis
Fabrícia Leandra dos Santos Gonçalves
Sandra Cristina Scavassa
Maria da Glória de Jesus Nogueira
Gabriela Garcia de Figueiredo
Marly Genuino
Jurema Vaz Cordeiro
Heloisa Prado
Mary Cuzin
Elton Coutinho Gonçalves
Layla Espindola
Jociane Vaz Cordeiro Lesuk
Marcelo Lopes Cabelo
Diogo Libana
Karol Canto Silva
Mara Ulhoa
Janille Mariz A. Garduque
Alexandre Iteriteka
Rosmarie Reifenrath
Cristina Machado Cruz
Giovana Hemb
Roseli Fontaniello